Como lidar no atendimento odontológico aos idosos?

Como lidar no atendimento odontológico aos idosos?

É estatístico que o brasileiro está vivendo cada vez mais, e consequentemente, aumentou o número de idosos no Brasil. Com isso, fica evidente a expansão das pessoas de terceira idade em consultórios odontológico, porque é o público que mais necessita de cuidados, que destacaremos nesse artigo.

É muito importante que sua clínica invista em um atendimento que não comete erros graves e que seja sensível ao seu paciente.

Com esse post seu consultório aprenderá mais de como lidar em um atendimento odontológico para pessoas da terceira idade.

 

Deixe uma boa primeira impressão

A acessibilidade é questão importantíssima para ser avaliada em seu consultório, pois muitos idosos, aqueles de idade bem mais avançada, necessitam se locomover por bengalas ou até cadeira de rodas. Caso, sua infraestrutura não esteja adaptável, provavelmente esse paciente não terá a sensação de comodidade e inclusão na sua clínica.

Apesar de serem um público sensível, os idosos são críticos e reparam em todas as qualidades e defeitos da clínica, por isso deixar uma ótima primeira impressão ajudará no retorno desse paciente.

 

Tenha sensibilidade no atendimento

Um atendimento carinhoso que faz o paciente se sentir da família é a melhor forma de retê-lo. Claro, que essa qualidade influencia mais ainda o comportamento do paciente idoso, porque a terceira idade traz consigo muitas fraquezas, como doenças no corpo, mente e muitas outras fragilidades.

Pacientes na terceira idade necessitam de mais atenção, empatia, paciência e sensibilidade no momento do atendimento odontológico.

Pensando dessa maneira sua clínica conseguirá reter esses pacientes por muito mais tempo.

  

Seja claro

Como já mencionamos, pacientes idosos têm um pouco mais dificuldade de comunicação, além da velocidade de raciocínio ser debilitado, é nessa idade que ocorre uma baixa da compreensão auditiva, por isso, é necessário realizar uma fala clara, objetiva e atenciosa. Esteja disposto a repetir a fala de formas diferentes até a total compreensão do paciente.

Isso criará laços de empatia!

 

Supere as expectativas

Embora, tendo algumas dificuldades cognitivas, pacientes da terceira idade têm um sentido aguçado a novos ambientes e reparam nos mínimos detalhes do seu consultório odontológico. Por isso, esteja preparado para recebê-lo de forma que ele se sinta da família.

Receba-o atenciosamente na portaria, peça que alguém o conduza até a sala de atendimento. Caso ele fique na fila de espera, entretenha-o.

A sua clínica odontológica necessita, e muito, do paciente da terceira idade.

 

Não tenha pressa

O TMA (Tempo Médio de Atendimento) desses pacientes costumam ser os mais altos, pela comunicação ser frágil, necessitam de mais tempo de compreensão e de muitos cuidados. Nesse sentido, tenha atenção pela qualidade e não fique apressando o atendimento, pois muita das vezes a pressa transparece e acaba deixando o paciente irritado.

O seu tempo pode ser otimizado com um software de gestão odontológica, assim sua clínica tem mais tempo para cuidar do que realmente interessa, o seu paciente.

O software Dental Office oferece muitas vantagens de otimização de tempo, experimente, faça o teste grátis.

 

Enfim

Nesse artigo você ficou por dentro de como é importante deixar uma boa primeira impressão para pacientes idosos, já que estes são os mais críticos. Entendeu também, a relevância da sensibilidade e clareza na comunicação.

Com o aumento gradativo dos idosos no Brasil, o seu consultório odontológico tem que ficar adaptável e inclusivo, tendo sempre como missão superar as expectativas desses pacientes.

Lembrando que esse paciente demandará muito mais tempo de atendimento, por este motivo a empatia e a paciência tem que estar entrelaçada no atendimento.

Gostou desse conteúdo? Então, não deixe de compartilhar com sua equipe.